• Dr. Alejandro Zoboli

Qual o papel do Especialista em Pé e Tornozelo?

Atualizado: 12 de mar.


Como é a formação médica até se tornar um Cirurgião de Pé e Tornozelo?


Assim que o médico termina sua formação de 6 anos de medicina ele tem a opção de atuar como médico generalista ou cursar uma residência médica visando especializar-se em uma determinada área. Dentre diversas áreas de atuação, a Ortopedia e Traumatologia é a residência que trata do sistema músculo esquelético e suas afecções e é pré-requisito básico para tornar-se um Cirurgião de Pé e Tornozelo.

A residência médica de Ortopedia e Traumatologia tem duração de 3 anos e compreende o estudo de diversas subespecialidades da ortopedia como coluna, ombro, mão e microcirurgia, quadril, joelho e pé e tornozelo, entre outras.

Após os 3 anos de residência médica de Ortopedia e Traumatologia, o médico, já considerado ortopedista nesse momento, pode optar por fazer uma subespecialidade como Cirurgia do Pé e Tornozelo.

O programa de residência de pé e tornozelo tem duração de 2 anos e após esse período o ortopedista está apto a ter o título de Especialista em Cirurgia do Pé e Tornozelo.


Quais são as doenças tratadas por um Especialista em Pé e Tornozelo?


As patologias que envolvem o pé e tornozelo são diversas e bem distintas entre si. Muitas delas, como os joanetes, fraturas ou entorses, são extremamente comuns e prevalentes na população; já outras doenças como doenças neuromusculares são relativamente raras.

Basicamente, as doenças mais comuns e prevalentes tratadas pelo Especialista de Pé e Tornozelo são:

Quais são os tipos de tratamentos realizados por um Especialista em Pé e Tornozelo?


Boa parte das doenças de Pé e Tornozelo são de tratamento conservador, ou seja, não operatório. Para isso, muitas vezes o especialista lança mão de diversos recursos como:

  • Fisioterapia

  • Adequação de Calçados

  • Adequação de Prática Esportiva

  • Medicações

  • Infiltrações Locais

Quando há falha do tratamento conservador ou há indicação clara de tratamento cirúrgico, o Especialista em Pé e Tornozelo pode realizar o tratamento cirúrgico que atualmente são realizadas pela seguintes técnicas:

  • Cirurgia Aberta

  • Cirurgia Artroscópica

  • Cirurgia Minimamente Invasiva ou Percutânea

É importante ressaltar que cada patologia e cada caso tem uma indicação precisa de cirurgia e de técnica cirúrgica, não havendo um padrão para todos os pacientes / doenças.

Desse modo, é extremamente importante que, caso o paciente apresente alguma patologia de Pé e Tornozelo, este consulte um Especialista em Pé e Tornozelo de confiança para ser adequadamente avaliado e tirar todas as dúvidas antes de um tratamento.




7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo