Unha Encravada

O que é a unha encravada?

 

A unha encravada corresponde a projeção das bordas da unha para dentro da lateral do leito ungueal, irritando a região e muitas vezes levando a infecção e dor local. O hábito de cortar as unhas dos pés muito curtas e de maneira inadequada, especialmente nas laterais dos dedos (arredondar suas bordas), pode levar ao desenvolvimento de uma unha encravada ou onicocriptose. A onicocriptose também pode ocorrer devido a compressão dos dedos/unhas em calçados muito apertados ou com uma frente inadequada ou de maneira congênita devido a um defeito na formação das unhas.

Sintomas

 

São sintomas comuns às unhas encravadas a dor, edema do dedo e eventuais sinais de infecção (ex: saída de secreção purulenta). Qualquer uma das unhas dos pés pode ser acometida, mas o problema afeta mais frequentemente o 1º dedo do pé (hálux).

A onicocriptose ocorre quando a pele em um ou ambos os lados de uma unha crescem sobre as bordas da unha, ou quando a unha se invagina em direção da pele. Eritema (vermelhidão), dor e edema nos cantos das unhas podem ocorrer e, se a lesão persistir, pode-se iniciar um processo 

A anatomia de uma unha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tratamento

 

O tratamento da unha encravada pode ser feito de  formas não cirúrgicas e cirúrgicas.

 

Tratamento não cirúrgico

 

As unhas encravadas devem ser tratadas assim que forem reconhecidas. Se elas forem reconhecidos precocemente, apenas com irritação local e dor na unha (antes que a infecção se instale), cuidados simples podem impedir a necessidade de tratamento adicional:

- Mantenha o local sempre higienizado e seco.

- Faça uso de calçados com a frente larga ou aberta. Nessas situações, alguns tipos de sandálias são benéficas.

- Mantenha o corte da unha adequado. Eventualmente apenas o corte da lateral da unha pode resolver o caso.

- Em caso de dor, é possível utilizar algum analgésico ou anti-inflamatório (caso não exista contraindicação). 

Tratamento cirúrgico

 

Em casos de muita dor, recidivas frequentes e/ou sinais infecciosos, é possível que seja necessário um pequeno procedimento cirúrgico além do uso de antibióticos (orientado por um médico) por um curto período de tempo.

O procedimento cirúrgico normalmente consiste na ressecção da porção excedente da unha (porção encravada), bem como a eliminação de parte da matriz de crescimento da unha (matricectomia) e/ou a posterior plástica da borda acometida do dedo (cantoplastia), normalmente hiperplásica, desse modo obtendo uma unha com crescimento adequado.

Unha encravada
Dúvidas ou Sugestões

Parabéns! Sua mensagem foi recebida.