Hallux Valgo

O que é o hállux valgo (joanete)?

O hállux valgo (também chamado de hálux valgus ou joanete) corresponde ao desvio lateral do primeiro dedo, associado a um desvio medial do primeiro metatarso, que leva à formação de uma proeminência medial (joanete) que muitas vezes é doloroso. Mais da metade das mulheres nos Estados Unidos têm joanetes, uma deformidade comum, frequentemente causada pelo uso de sapatos apertados, estreitos e saltos altos.

Halux Valgo / Joanetes

Nove em cada dez casos de  hálux valgus acontecem em mulheres e na sua maioria associados ao uso de calçados inadequados. 

 

Porque o joanete é doloroso?

Pacientes com hállux valgo, muitas vezes apresentam uma proeminência medial no primeiro dedo. Essa proeminência medial, em atrito com o calçado leva a vermelhidão (eritema), edema e dor local.

A cada passo que o paciente dá, o joanete atrita com o calçado e causa dor, de modo que quanto maior for o joanete, normalmente, maior é a dor e mais difícil é calçar sapatos.

A medida que o desvio do primeiro dedo aumenta e que a agressão ao antepé permanece, o paciente começa a apresentar alterações nos dedos laterais que vão desde calosidades dolorosas até garras rígidas dos dedos, podendo levar a um quadro de disfunção importante. 

Como é o tratamento para o hállux valgo?

Boa parte dos joanetes podem ser tratados de maneira conservadora, ou seja, sem a necessidade de cirurgia. A prevenção é sempre melhor opção. Para minimizar as chances de desenvolver um joanete, nunca force o pé em em calçados apertados e com a frente estreita. Escolha sapatos que se encaixem com a forma de seus pés. Dê preferência para calçados com a câmera anterior larga, que se acomodem bem com a frente do seu pé, com solados firmes e macios e com pouco ou nenhum salto. Evite sapatos que apresentem a câmara anterior estreita, com solados muito flexíveis, e aqueles com saltos superiores a 5 centímetros. O objetivo do tratamento não cirúrgico é acomodar a deformidade já existente a calçados mais adequados e, desse modo, diminuir o atrito e a sobrecarga no pé, melhorando o quadro de dor e incapacidade funcional que eventualmente pode ocorrer.

 

Tratamento cirúrgico do Joanete

Na falha do tratamento conservador, o tratamento cirúrgico é indicado.

A cirurgia de correção do hálux valgus consiste em realizar realinhamentos ósseos por meio de osteotomias e retensionamento/soltura de partes moles (tendões, ligamentos e cápsula articular) de modo a deixar a posição do primeiro dedo o mais próximo ao normal possível. 

A cirurgia de joanetes pode ser realizada tanto pela técnica aberta quanto pela técnica percutânea. Na técnica aberta, o local da cirurgia é abordado por meio de uma incisão pela qual é realizada a correção, já na técnica percutânea, a correção é realizada através de pequenos furos na pele, diminuindo a agressividade do procedimento.

A recuperação cirúrgica depende da técnica utilizada mas envolve um período médio de 6 semanas (1 semana sem pisar) de uso de uma sandália protetora rígida e reabilitação e posteriormente calçados protetores.

O que é bunionete?

A presença de uma proeminência lateral no quinto dedo do pé é chamado de bunionete (joanete do alfaiate). Assim como o joanete, o bunionete também tem como sua causa o uso de calçados inadequados e  também é doloroso. Fazer uso de sapatos que se encaixem confortavelmente no pé, com uma câmara anterior larga e solado firme podem aliviar os sintomas. 

Em casos de dor persistente ou deformidade severa, a correção cirúrgica é possível.

Assim como ocorre na cirurgia para tratamento de joanetes, a correção cirúrgica do bunionete visa diminuir a proeminência lateral da cabeça do 5º metatarso por meio de osteotomias que podem também serem realizadas pela técnica aberta ou percutânea.

Dúvidas ou Sugestões

Parabéns! Sua mensagem foi recebida.